sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Cabelo - Mil Escovas!

Sempre rola aquela confusão na hora de escolher a escova perfeita para cada missão capilar, né? E a tal escolha é essencial para a saúde dos fios, afinal a escova errada pode comprometer o viço do cabelo, aumentando a quebra e a queda, por exemplo.
Na hora da compra pense no objetivo daquela escova, no seu tipo de cabelo e nos seus hábitos. Por exemplo: seu cabelo é cacheado, mas você vive de escova e nunca vê seus cachos. Foque, então, numa escova que desembarace e alise, e não num pente de dentes largos, ideais para os cachos. E para as meninas com os fios finos vale prestar atenção à maleabilidade das cerdas: prefira as mais molinhas, para fazer uma escovação suave e preservar os fios. Entendida a lógica, vamos aos tipos de escovas e cerdas:

Raquete: alisar e dar movimento. Ideal para desembaraçar cabelos lisos e quando estiverem secos.
Cilíndrica: modelar e alisar. Nestas, o tamanho do diâmetro depende do comprimento dos fios: quanto mais comprido for seu cabelo, maior deverá ser o diâmetro. As escovas cilíndricas que possuem o corpo vazado são ideais para a escovação com secador, porque permite a circulação do vapor e, assim, acelera a escovação.
Cerdas de nylon: retém o calor nos fios.
Cerdas de metal: facilitam a escovação com secador, pelo fato do metal ser um ótimo condutor de calor.
Cerdas ionizadas: evita frizz e reduzir o volume.
Pente garfo: soltar o cabelo crespo e para auxiliar no penteado black power
Pente de dentes largos: desembaraça suavemente, ideal para as cacheadas.
Pente fino: ajuda a espalhar produtos.
Também é de extrema importância a higienização das escovas. Todo mundo (ou quase…) já incorporou o hábito de lavar os pincéis de maquiagem para proteger a pele do rosto, certo? E o cabelo? Ele é tão sensível quanto a pele e precisa de uma escova limpinha para evitar excesso de oleosidade e proliferação de fungos (num caso extremo de sujeira, de tendência biológica ou de falta de sorte). A limpeza começa na retirada diária dos fios que ficam na escova: sempre que usá-la, retire todos os fios grudados nela. É recomendável também lavar com água e sabão (sabão de côco super funciona!) a cada quinze dias. Quem usa produtos mil (nós, cacheadas, por exemplo, que usamos creme de pentear aos litros!) ou tem cabelo oleoso ou é só maníaca por limpeza (hehehehe), pode fazer a seguinte misturinha: uma colher de chá de água sanitária em 1 litro de água e deixar as escovas mergulhadas por 1 hora. Depois é só enxaguar bem e deixar secar no sol. Ui, que limpeza! Mais atenção na escolha e na limpeza das escovas, para um cabelo limpinho e saudável!